• Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon

AVENIDA ALCINDO CACELA, 2351 - SALAS 102/103 - CREMAÇÃO - BELÉM - PARÁ

(91) 3115-0188  -  (91) 98846-7235

Please reload

Posts Recentes

Perda de dentes e sua dieta

January 3, 2018

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Higiene oral eficaz pode ajudar homens a evitar disfunção erétil, segundo estudo da Universidade de Granada

March 13, 2019

 

Homens que sofrem de periodontite, uma doença caracterizada por inflamação das gengivas e danos às estruturas que envolvem e suportam os dentes, estão em maior risco de sofrer de disfunção erétil. A escovação eficaz dos dentes, aliada a uma boa higiene bucal, pode ajudar a prevenir esse tipo de impotência sexual masculina.

Essa é a conclusão de um estudo conduzido por pesquisadores do Departamento de Cirurgia e Especialidades Cirúrgicas (Urologia) e do Departamento de Estomatologia da Universidade de Granada (UGR), na Espanha.

 

A disfunção erétil (DE) é definida como a incapacidade de um homem para atingir uma ereção, devido a fatores físicos ou psicológicos ou uma combinação dos dois. A periodontite é uma inflamação crônica das gengivas, que destrói progressivamente o osso alveolar e os tecidos conectivos que ancoram os dentes no lugar. Se não for tratada, pode levar à perda do dente. As bactérias periodontais ou citocinas inflamatórias que se originam nas gengivas infectadas prejudicam as células endoteliais vasculares. Quando esta disfunção endotelial ocorre nos vasos sanguíneos do pênis, o fluxo sanguíneo é adversamente afetado, levando à impotência.

 

O estudo da UGR foi realizado em uma amostra de 80 homens, usando 78 controles, entre pacientes que receberam tratamento no Serviço de Urologia do Hospital Clínico San Cecilio, no Parque Tecnológico de Ciências da Saúde de Granada. Os participantes forneceram seus dados sociodemográficos, foram submetidos a um exame periodontal e foram testados quanto aos níveis de testosterona, perfil lipídico, proteína C-reativa, níveis de glicose no sangue e hemoglobina glicada.

 

Os pesquisadores descobriram que 74 por cento dos pacientes com disfunção erétil mostraram sinais de periodontite. Aqueles com a disfunção erétil mais severa apresentaram os piores danos periodontais, enquanto os portadores de periodontite tiveram 2,28 vezes mais chances de apresentar DE do que pacientes com gengivas saudáveis. As variáveis ​​bioquímicas associadas à DE foram triglicérides, proteína C-reativa e hemoglobina glicada.

 

O estudo, o primeiro deste tipo a ser realizado em uma população européia, foi parte de um projeto de tese de doutorado da dentista Amada Martín Amat e de seus supervisores de tese Francisco Mesa (Estomatologia) e Miguel Arrabal (Urologia).

 

Os resultados foram publicados no Journal of Clinical Periodontology.

 

Para obter mais informações e dicas úteis sobre sua saúde bucal, incluindo dicas rápidas e fáceis sobre clareamento, faça o download do nosso ebook gratuito UM SORRISO BRILHANTE É SEU MELHOR ACESSÓRIO ou, venha nos conhecer na Clinica Kreativ. Se você está procurando um dentista em Belém que se preocupa com o seu conforto, saúde geral e um sorriso perfeito, FALE CONOSCO AGORA. www.clinicakreativ.com.br

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags